Opções de hospedagem em San Andrés, na Colômbia

Quando marcamos a viagem para San Andrés, ainda havia dúvida se ficaríamos apenas ali ou tentaríamos chegar até Providência, outra ilha próxima. Por isso, optamos por reservar hospedagem apenas para metade do tempo, o que acabou permitindo que experimentássemos como é ficar em diferentes pontos da ilha.

San Andrés tem opções de hospedagens para todos os gostos e bolsos, literalmente. Há desde os resorts all inclusive – com praias privativas e uma infinidade de serviços (boa parte deles é da rede Decameron) – até hospedaria com climinha familiar. Há várias alternativas no Booking e no Airbnb, mas acabamos optando apenas por pousadas, reservadas via Booking.

Como sempre, levamos em consideração os reviews de hóspedes anteriores para fecharmos nossas escolhas. Em ambos os casos, além da estrutura oferecida, os comentários positivos sobre os anfitriões pesaram na decisão.

Uma observação: os lugares que selecionamos têm muito a ver com nossa proposta de viagem: econômica (dentro do limite $$ que seguimos e com estrutura para cozinhar), mais informal e próxima de quem gerencia os espaços e com wi-fi – já comentamos que a internet em San Andrés, como um todo, deixa muito a desejar.

Consideramos que as duas pousadas selecionadas são bem adequadas ao perfil de quem não quer gastar muito, nem faz questão de regalias ou acesso fácil à praia. Mas para quem está de férias e não quer se preocupar com nada, talvez não seja melhor avaliar outras alternativas.

Hospedaje Turistico Angula Place - San Andrés (foto: Booking | reprodução)
Hospedaje Turistico Angula Place – San Andrés (foto: Booking | reprodução)

Hospedagem 1: Hospedaje Turistico Angula Place

  • Localização: pertinho do mar, mas longe da praia (70% de San Andrés tem uma barreira de pedras vulcânicas, limitando o acesso à água), mas há um ponto de ônibus a uns 200 metros da pousada
  • Tipo de quarto: suíte (sem cozinha) na primeira noite; nas demais, apartamento (com cozinha em ambiente com cama de solteiro + quarto com cama de casal)
  • Wi-fi: indisponível no primeiro quarto – um dos motivos que nos levaram a fazer um upgrade na ocupação; no segundo quarto, funcionava bem, dentro das limitações da ilha
  • Estrutura para trabalho: no apartamento, mesa pequena com duas cadeiras
  • Diferenciais: piscina grande e muitas árvores na propriedade + ambiente tranquilo + staff bastante solícito + ar-condicionado nos quartos (no apartamento, o equipamento ficava no compartilhado cozinha-quarto; no cômodo para casal, havia apenas ventilador, que foi suficiente)
  • Extras: sem café da manhã, mas com cozinha disponível (pouco utilizada, por estrutura nada prática – a pia ficava embaixo do fogão e era necessário lavar a louça agachado)
  • ViaBooking
  • Quando: março de 2017
  • Duração: 5 noites
  • Alugaríamos novamente? pela piscina, área externa e staff muito solícito, sim; se for para depender da estrutura da cozinha, não.
  • Impressões: como a grande maioria dos colombianos, o proprietário Hassan faz de tudo para receber bem. Nossa chegada atrasou bastante e, mesmo perto da meia-noite, ele nos levou até um mercadinho para comprarmos comida e suprimentos para o café da manhã. E deu muitas dicas sobre a ilha. Anfitrião nota 10.
Posada Caribbean Refuge, em San Andrés (foto: Booking | reprodução)
Posada Caribbean Refuge, em San Andrés (foto: Booking | reprodução)

Hospedagem 2: Posada Caribbean Refuge

  • Localização: no meio da ilha, a (literalmente) uma ladeira e mais ou menos 15 minutos de caminhada de uma das praias mais legais de San Andrés – Rocky Cay. A localização é perfeita para quem quer se hospedar em um bairro residencial e conhecer o dia a dia dos moradores da ilha. Importante: no Booking, a localização do mapa está errada.
  • Tipo de quarto: suíte
  • Wi-fi: qualidade ótima quando há poucos hóspedes e um pouco lento quando há mais gente compartilhando, mas a limitação é da própria ilha (e não da hospedagem)
  • Estrutura para trabalho: mesa com cadeiras disponíveis na área comum e na varanda.
  • Diferenciais: é uma pousada nativa, tem ar-condicionado e ventilador no quarto e os anfitriões são incríveis (e, além do espanhol, falam inglês fluentemente)
  • Extras: sem café da manhã, mas com cozinha bem equipada disponível
  • ViaBooking
  • Quando: março de 2017
  • Duração: 4 noites
  • Alugaríamos novamente? sim, sem dúvida.
  • Impressões: como gostamos muito de interagir com quem mora nos lugares que visitamos, a hospedagem foi perfeita. Clemência e Mauro são pessoas excelentes, com quem adorávamos conversar. Por duas noites compartilhamos refeições, sendo uma delas um churrasco preparado por eles para nós, para um hóspede chileno e outras duas garotas alemãs.

Confira também:

Gostou? Siga o Vida Wireless nas redes sociais para não perder nenhuma novidade:
Facebook | InstagramTwitter | Pinterest | Linkedin

Navegar